O Exame Eletroneuromiografia é um método de diagnóstico neurofisiológico usado na avaliação diagnóstica e prognostica das doenças dos nervos periféricos, plexos, raízes, neurônios motores espinhais, além dos músculos e junções neuromuscular. O Exame consta dos testes de neurocondução (condução nervosa sensitiva e motora, ondas F e reflexos Hde raízes cervicais ou lombares) e do exame eletromiográfico com agulha.

Os testes de neurocondução são realizados com estímulos elétricos aplicados nos nervos periféricos, que são ligeiramente dolorosos mas suportáveis. Os estímulos elétricos não trazem nenhuma reação adversa. O exame eletromiográfico é realizado com eletrodo de agulha descartáveis e de suo único que são inseridos através da pele até o músculo; podem ocorrer sangramentos puntiformes e formação de diminutos hematomas.
Essa ocorrência é inerente ao exame e não traz nenhum risco à saúde. Verifique se seu pedido médico informa a região a ser examinada (membro superior direito, membro superior esquerdo, membro superiores, membro inferior direito, e assim por diante) e traz a hipótese diagnóstica. A ausência dessa informação implicará na não realização do seu exame.
Visando a uma maior sensibilidade diagnóstica é sempre recomendável comparar lados direito e esquerdo, assim por exemplo, na investigação de uma síndrome dolorosa no membro superior direito recomenda-se exame de ambos os membros superiores.